Calendoscopiando a Alma!

"todo poema é uma aventura planificada" (C.L.)


Pesquisar este blog

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2009

Para Nós




Em meio a tanta gente fútil encontrei você
sobre luzes de holofotes e conversas sem sentido,
fugi daquele instante vazio e encontrei você.
O meu grito de socorro ecoou em seu coração,
e esse amor bandido me fez renascer...

Nós dois nos achamos,
e entre as falsas promessas da vida,
construimos a nossa própria realidade.

Uma felicidade secreta nos domina,
e ela construimos na cabana que abriga
esse amor, de toda uma vida.

Não precisamos de cartões de visita,
De belas roupas, ou de muita comida
Não cabe em nós compulsões ou frustrações,
Vivemos a parte deste mundo fullgás...

Somos aquele casal que luta para se entender...
Não precisamos romper a etapa do príncipe encantado
ou da bela adormecida, sabemos que elas nunca existiram.
Somos aparentemente normais: Sentimos medo, insegurança,
raiva, paixão, desejo e amor....
Somos humanos e gostamos de ser assim! Isso nos basta!

Não queremos o mundo inteiro,
Só a porção dele que nos cabe...
Vamos a luta e não desistimos...

Fazemos sacrifícios pelo que acreditamos
e arriscamos quando necessário.
Vivemos cada dia como se fosse o último
e viveremos o último juntos
como se fosse o dia em que nos conhecemos

Esse nosso amor é cheio de gentileza,
De entendimento, e de desejo...
Há também tropeços e incertezas,
brigas e tristezas... Mas isso é normal
para o nosso crescimento...

Somos dois, em dois corpos diferentes,
E nunca um em um só corpo! Mas, compartilhamos
Tudo o que temos e somos, e isso nos torna especiais,
um para com o outro.

Te amo em meio a loucuras, tempestades,
e instantes-já!
Te amo de verdade, e o sempre é um instante que
para nós acabou de chegar!

Um comentário:

Lucas disse...

amor eu só quero é estar com você!muito bonito cate!um beijao do seu principe, mesmo que não acredite em conto de fadas!bjos

entre sem bater....

"Se o amanhã é um mistério, porque me preocupo tanto com o que ainda virá? É tão rara a calma de um olhar. Ao conversar com Deus, dobro os meus joelhos, sinto uma brisa suave. É onde encontro esta calma, este momento de alegria, que vai além de um instante, durará eternamente em mim." (Ana Catarina Braga)

Quem Vem de Lá?

Ela... Poesia concreta.. feita por mim... por nós... por quem surgir..."O que não sei dizer é mais importante do que o que eu digo." (Clarice Lispecto)