Calendoscopiando a Alma!

"todo poema é uma aventura planificada" (C.L.)


Pesquisar este blog

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009

Estrada Secreta





É um momento forte,
ando na rua,
mas não estou ali, caminho
e continuo minha vida,
mas não estou lá...

Me vejo em uma estrada,
De árvores marrons
E de chão batido
Caminho com ela,
e sobre ela vou indo


Olho pra trás,
Deixo o passado
sigo em frente
Com os mesmos passos apressados
Mais ao mesmo tempo,
distraída olhando a vida
e passeando por entre as árvores


toda vez que me sinto triste
vou para esse lugar
me transporto
E minha alma vagueia
Pela imensidão dessa estrada
Que pretendo sempre traçar

Um comentário:

José Eduardo Fonseca Soares disse...

Passei, só para dizer que gostei especialmente deste poema.
Beijo

entre sem bater....

"Se o amanhã é um mistério, porque me preocupo tanto com o que ainda virá? É tão rara a calma de um olhar. Ao conversar com Deus, dobro os meus joelhos, sinto uma brisa suave. É onde encontro esta calma, este momento de alegria, que vai além de um instante, durará eternamente em mim." (Ana Catarina Braga)

Quem Vem de Lá?

Ela... Poesia concreta.. feita por mim... por nós... por quem surgir..."O que não sei dizer é mais importante do que o que eu digo." (Clarice Lispecto)