Calendoscopiando a Alma!

"todo poema é uma aventura planificada" (C.L.)


Pesquisar este blog

sexta-feira, 21 de novembro de 2008

Alma


Alma que vagueia pela estrada secreta da vida...
Vida que se desfaz em momentos discincronizados...
quando menos espero o inesperado me aparece...
E me toma por inteira...

A vida continua bandida sem querer me dizer
O que quer de mim...
Os momentos de devaneio invadem a minha alma

Tão robusta e preparada,
se torna gélida e cálida
como um grito sem som,
ou um pássaro sem asas...

O corpo estremece,
Quando me toma o calor dessa alma...
e mostra a mim mesma...
que não adianta ser tão exata...

A vida tem riscos...
Mas não podemos fazer escolhas erradas...
Muitas são de alma e me levam a jardins...
Outras são de mundo, impulsos, e me
faz perder o que achei dentro de mim...

A alma quer aprender,
quer vencer,
quer crescer,
mas não adianta pedir...

Pois a essência tem seu tempo,
efêmero...
No corredor do meu existir...

Agarra então minha alma
este elixir, povoa o meu corpo...
com os riscos, mas não me faça desistir...

Certas decisões são pra sempre e não
há como fugir...
Mesmo que a alma queira, seja livre...
Condiciona o corpo para si...

Impetuosa e egocêntrica,
Sabe que só é uma alma...
Mas o corpo garante o existir...
Este corpo que é pouco...
E a alma então pensa...
Eternamente quero fluir...

Um comentário:

LAG disse...

valeu pela visita e pelo comentário... :)

texto interessante... ainda mais de quem gosta de metallica, raul seixas e billie holiday, hehe

entre sem bater....

"Se o amanhã é um mistério, porque me preocupo tanto com o que ainda virá? É tão rara a calma de um olhar. Ao conversar com Deus, dobro os meus joelhos, sinto uma brisa suave. É onde encontro esta calma, este momento de alegria, que vai além de um instante, durará eternamente em mim." (Ana Catarina Braga)

Quem Vem de Lá?

Ela... Poesia concreta.. feita por mim... por nós... por quem surgir..."O que não sei dizer é mais importante do que o que eu digo." (Clarice Lispecto)