Calendoscopiando a Alma!

"todo poema é uma aventura planificada" (C.L.)


Pesquisar este blog

Carregando...

quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Definição de Mim



Me falaram uma vez que eu era como uma poça de água: Aparentemente rasa, mas surpreendentemente funda.
Achei uma boa definição. E ele (só podia ser um ele) me disse que eu era muito oculta em mim mesma.
Aquilo doeu um pouco. Soou piegas mas eu gostei, estranhamente. Estava com um guarda-chuva verde na mão naquela ocasião. E fiquei olhando para ele. Sentia-me uma poça de água. Molhada (opa!) e até mesmo meio límpida. Ficou tão claro que sou uma poça... Ou seria uma moça? Nem sei mais!
Aquela situação era tão louca. Um amigo da faculdade gay, em uma rua escura, enquanto eu esperava outro amigo perdido em seus ímpetos juvenis e descobertas sexuais... Essas coisas das noites loucas são demais...

Nenhum comentário:

entre sem bater....

"Se o amanhã é um mistério, porque me preocupo tanto com o que ainda virá? É tão rara a calma de um olhar. Ao conversar com Deus, dobro os meus joelhos, sinto uma brisa suave. É onde encontro esta calma, este momento de alegria, que vai além de um instante, durará eternamente em mim." (Ana Catarina Braga)

Quem Vem de Lá?

Ela... Poesia concreta.. feita por mim... por nós... por quem surgir..."O que não sei dizer é mais importante do que o que eu digo." (Clarice Lispecto)