Calendoscopiando a Alma!

"todo poema é uma aventura planificada" (C.L.)


Pesquisar este blog

segunda-feira, 2 de agosto de 2010

Cotidiano engrenado



Tic Tac!
As horas passam,
Hora de levantar
vestir a roupa,
Dentes a escovar,

Café da manhã,
Automóvel,
Metrô,
ônibus,
bicicleta

Sombras na
espreita
Vida a seguir
Cores mortas

Bege,
Cinza,
Preto,
Branco
e
Tons pasteis.


Os rins já não filtram
a bebiba,
O pulmão já não sente a poeira

A roupa sempre esta suja,
E tem que haver algum modo
de ser diferente
de me destacar!

E então acomodação no extremo!
Piercings mil, tatuagens sem sentido!
Sou rebelde! Sou o outro lado do conformismo!

Para quê! Se no final sou comum do mesmo modo!

Não basta o perdão
é preciso amor!
é preciso bem mais que toda essa ilusão!

3 comentários:

Maria disse...

Bela poesia.

Bárbara disse...

*--* perfeito o Blog.

Quantas pessoas fazem você se sentir especial? disse...

Achei super interessante esse seu texto, parabéns!
Estou lhe seguindo, se quiser e poder da uma passadinha no meu espaço.
Abraços.

entre sem bater....

"Se o amanhã é um mistério, porque me preocupo tanto com o que ainda virá? É tão rara a calma de um olhar. Ao conversar com Deus, dobro os meus joelhos, sinto uma brisa suave. É onde encontro esta calma, este momento de alegria, que vai além de um instante, durará eternamente em mim." (Ana Catarina Braga)

Quem Vem de Lá?

Ela... Poesia concreta.. feita por mim... por nós... por quem surgir..."O que não sei dizer é mais importante do que o que eu digo." (Clarice Lispecto)