Calendoscopiando a Alma!

"todo poema é uma aventura planificada" (C.L.)


Pesquisar este blog

sábado, 17 de maio de 2008

Perfume...





O ar é rarefeito...

o trilho deixou ao bater a porta...

o cheiro embriaga o meu travesseiro...

e minhas narinas, ao senti-lo,

beijam rosas...

Os dias vão passando,

e eu evitando trocar

os lençóis,

a minhas marcas em

teu corpo seguem
feroz ...

e teu desejo me mata,

és meu algoz...

se não me procura,

cheiro-me,

devoro-me,

em busca de um vestígio

de tua alma...

essência atroz...

Mas quando me deparo contigo...

Nem palavras preciso...

Por teu corpo sou

feroz...

A loucura se entrelaça com o suor...

os beijos sufocam a boca,

ávida por tê-los...

sem mais desespero me entrego,

e vivo,

e sinto,

e quero,

esse amor inteiro,

fonte de algo que não

traduzo,

mas que guia este coração

desejo...

veloz...

(by aninha)

2 comentários:

Simples Palavras.. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Simples Palavras.. disse...

Pois eh...
continuo eu aqui, comentário solitário,
perfume é traidor,
nos pegam pela frente, pelos lados, pelas costas,
mas tbm as vezes nem nos pegam.
Perfume cega,
perfume ilude,
perfume abre os olhos.
A verdade é que, ou você sente, ou você nao sente.
Perfume que lava a alma
perfume que nos faz sentir,
perfume que nos faz querer mais
perfume que quando se vai, nos deixam amortecidos com a falta que se faz
perfumes que sempre te faz lembrar perfumes
perfumes que mesmo sem perfumes, te faz lembrar perfumes..
perfumes que banharam seu coraçao
perfumes que simplesmente nao se acabam, se vão, e não..
perfumes..

entre sem bater....

"Se o amanhã é um mistério, porque me preocupo tanto com o que ainda virá? É tão rara a calma de um olhar. Ao conversar com Deus, dobro os meus joelhos, sinto uma brisa suave. É onde encontro esta calma, este momento de alegria, que vai além de um instante, durará eternamente em mim." (Ana Catarina Braga)

Quem Vem de Lá?

Ela... Poesia concreta.. feita por mim... por nós... por quem surgir..."O que não sei dizer é mais importante do que o que eu digo." (Clarice Lispecto)