Calendoscopiando a Alma!

"todo poema é uma aventura planificada" (C.L.)


Pesquisar este blog

sábado, 29 de agosto de 2009

Janela da Alma





Soprei a vela,
Descanso na janela,
Mãos na soleira ...

Olho lá fora a vida passando,
E continuo caminhando,
Aqui, neste chão...

A vida me traga, me acolhe
E muitas, tantas vezes, me esmaga...
Uma grande imprecisão...

Penteio os cabelos cacheados,
Passo a cor rubra nos lábios,
sapatos altos, Olhos enebriados...

Lavando as mãos, dance comigo
Vamos não tenha medo...
Minha janela é seu abrigo,
Meu coração, movediça de emoção!

Um comentário:

Zépa Desenhista disse...

Olá!!!!! passei pra vizualizar se blog, e vou add...Obrigado por elogiar meu trabalho,estou sempre postando trabalhos novos...td d bom pra vc , bjus!

entre sem bater....

"Se o amanhã é um mistério, porque me preocupo tanto com o que ainda virá? É tão rara a calma de um olhar. Ao conversar com Deus, dobro os meus joelhos, sinto uma brisa suave. É onde encontro esta calma, este momento de alegria, que vai além de um instante, durará eternamente em mim." (Ana Catarina Braga)

Quem Vem de Lá?

Ela... Poesia concreta.. feita por mim... por nós... por quem surgir..."O que não sei dizer é mais importante do que o que eu digo." (Clarice Lispecto)