Calendoscopiando a Alma!

"todo poema é uma aventura planificada" (C.L.)


Pesquisar este blog

quinta-feira, 9 de outubro de 2008

mudança de alma!






estou entrando em um estado de transformação e esse é diferente dos outros..
a estrutura está ficando mais rígida e o interior mais puro,
de medos, de angustias, de sentimentos flutuantes e de tempos perdidos falando groselha...
é bom falar besteira... e se perder de vez em quando... mas não ser alguém perdido...
Na verdade eu acho que sempre terei a sensação de ser alguém perdida,
sem um identidade de pai e mãe ( tão raros em minha vida)...
Mas eu tenho que buscar minhas forças em mim mesma...
Sou eu meu refugio interior...
sou eu meu lugar de meditação, meu esconderijo mais bonito e completo...
Meu silêncio é som para minha alma...
O perdão é o dom que estou cultivando...
E o Amor é algo que cada dia mais vou ganhando...
Evoluindo minha alma. purificando meu eu...
Agora sei que não precisava ir tão longe para me achar...
Estive o tempo todo aqui dentro e nunca me dei conta...
Até hoje...
Como é bom agente se achar depois de tribulações e frases ao vento...
Estou me vendo aos poucos... e Bem devagar....
Para aproveitar cada instante não me perder de novo....
Metamorfoseando minha alma!!

3 comentários:

QuinhO disse...

Muito bonito isso, Catita!!!
A nossa busca por nós mesmos termina quando entendemos o nosso propósito!
Um grande beijo e boa sorte!!!

ROSA E OLIVIER disse...

bello, poetiza!...agradecido pelos teus sentimentos!...

This is the end, beautiful friend
this is the end, my only friend, the end
...

i'll never look into your eyes again...

Jim Morrison (the Doors)

Thanks

Olivier

lub disse...

Oi cate!li seus poemas!acho q nao deveria falar assim de seus pais, mas fora isso adoro ler o que escreve pq so assim consigo te entender!hehehe!te amo beijao do seu lub

entre sem bater....

"Se o amanhã é um mistério, porque me preocupo tanto com o que ainda virá? É tão rara a calma de um olhar. Ao conversar com Deus, dobro os meus joelhos, sinto uma brisa suave. É onde encontro esta calma, este momento de alegria, que vai além de um instante, durará eternamente em mim." (Ana Catarina Braga)

Quem Vem de Lá?

Ela... Poesia concreta.. feita por mim... por nós... por quem surgir..."O que não sei dizer é mais importante do que o que eu digo." (Clarice Lispecto)