Calendoscopiando a Alma!

"todo poema é uma aventura planificada" (C.L.)


Pesquisar este blog

domingo, 14 de setembro de 2008

trilhos do coração






Eu quebrei o meu coração
Tentando entender o amor
Querendo querer o que estava
Fora do meu alcance
E viajando em futuros distantes
Só o que me basta é o agora
Só o que me resta é o hoje
Das coisas que se foram ficam as lembranças
E do que ainda terei as esperanças

Queria poder ir embora e não ter que deixar recado
Mas a vida me pede respostas,
Me pede compromissos,
Me pede relógios
Me pede destinos

São as pessoas andando pelas ruas
As estações
Os dias
Os meses
Tudo vai passando...
Vejo sorrisos,
Vejo beijos,
Abraços...
Mas no fundo nada faz sentido
Se você não está ao meu lado...

Sigo,então, os trilhos deste trem
Que quebrou o meu coração
E agora não tem mais outro jeito,
ter você é a única solução...

Um comentário:

Mk disse...

Muy bello tu poema, gracias por pasarte por mi rincon... volveré

Besos

entre sem bater....

"Se o amanhã é um mistério, porque me preocupo tanto com o que ainda virá? É tão rara a calma de um olhar. Ao conversar com Deus, dobro os meus joelhos, sinto uma brisa suave. É onde encontro esta calma, este momento de alegria, que vai além de um instante, durará eternamente em mim." (Ana Catarina Braga)

Quem Vem de Lá?

Ela... Poesia concreta.. feita por mim... por nós... por quem surgir..."O que não sei dizer é mais importante do que o que eu digo." (Clarice Lispecto)